facebook google + twitter comunidade cadastre-se    sua conta
Saúde da Próstata

A PRÓSTATA

 o "abc" da próstata
 prostatite
 hiperplasia prostática benigna
 câncer de próstata
 câncer de próstata: fui diagnosticado, e agora?
 exames gratuitos
Associação pela Saúde da Próstata

ACESSOS

envolva-se

 

quem somos
o abc da próstata
prostatite
hiperplasia
câncer de próstata
fui diagnosticado
exames grátis
prevenção
notícias
artigos
cadastre-se
sua conta
solicitar palestra
recomendados
fale conosco

 

pacientes

 

família

 

busca
 

CÂNCER DE PRÓSTATA: RECÉM DIAGNOSTICADO


Você ou seu ente querido acaba de ser diagnosticado com câncer de próstata. Você pode estar passando por uma série de sentimentos: incredulidade, medo, raiva, revolta, ansiedade e depressão. A boa notícia é que existem muitas opções de tratamento e recursos de suporte que podem ajudar você ou seu ente querido levar uma vida normal e saudável. Esta seção fornece informações sobre o diagnóstico de câncer de próstata, a avaliação do estágio do câncer de próstata, o que esperar após um diagnóstico inicial de câncer de próstata, perguntas para esclarecer com o médico quando você ou seu ente querido entrar em tratamento, durante a recuperação, e como obter apoio.
Clique no item para abri-lo:
 
O Diagnóstico
 
Avaliação do Estágio
 
Avaliação de Riscos
 
Depois de um diagnóstico de câncer de próstata e da avaliação do seu estágio, o paciente deve familiarizar-se com os procedimentos de avaliação para entender o risco de recorrência da doença e a sua provável progressão.

O que é a avaliação de riscos?
O câncer de próstata pode apresentar-se como um tumor de crescimento lento causando danos mínimos ou ser um tipo mais agressivo que se espalha rapidamente. A avaliação de risco é a etapa crítica de determinar a natureza da doença de cada paciente. Os médicos avaliam as características clínicas e de patologia (PSA , escore de Gleason , estágio clínico , etc ) para determinar quais pacientes podem ter formas agressivas de câncer de próstata, e quais não as têm.

A avaliação de risco utilizando a informação clínica e patológica.

Uma das formas possíveis para o urologista avaliar o risco do paciente é utilizando a classificação D’Amico, preconizada pela American Urology Association (AUA) que estabelece os seguintes critérios:

RISCO PSA Escore
Gleason
Estágio
Clínico
Baixo PSA<10ng/ml 4 a 6 T1 – T2a

Intermediário

PSA 10-20ng/ml

7

T2b – T2c

Alto PSA > 20ng/ml 8 a 10 T3a
Muito Alto PSA > 20ng/ml >8 a 10 T3b – T4

O médico poderá adotar outro critério para avaliar o risco. O importante, no caso, é obter um prognóstico realista a respeito da evolução da doença e de seu tratamento.

Os pacientes devem aprender o máximo possível sobre a sua doença antes da escolha da terapia a adotar. Os métodos de avaliação de risco e de prognóstico os auxiliam na tomada de decisão fundamentada a respeito do seu tratamento.

 
O que esperar
 
O que Perguntar para o Seu Médico
 
Encontrar Suporte